Anticorpos contra Sistema Nervoso

Os mecanismos por detrás da reacção autoimune contra antigénios do sistema nervoso, no autismo, não estão compreendidos.

Neste estudo avaliou-se a reacção do soro de 50 doentes com autismo, comparando com 50 pessoas saudáveis.

Uma significativa percentagem de autistas tinha anticorpos elevados, simultâneamente contra a gliadina e contra o cerebelo.

Conclusão: Um subgrupo de doentes com autismo produzem autoanticorpos contra as células de Purkinje (do cerebelo) e contra os péptidos da gliadina. Estes anticorpos podem ser responsáveis por alguns dos sintomas neurológicos do autismo.

A gliadina é a proteina que dá extensibilidade ao glúten (é por isso que o pão de trigo é macio e elástico, ao contrário do pão de milho puro).

Fonte:

Immune response to dietary proteins, gliadin and cerebellar peptides in children with autism.

Vojdani A, O’Bryan T, Green JA, Mccandless J, Woeller KN, Vojdani E, Nourian AA, Cooper EL
Nutr Neurosci Jun 2004; 7(3) :151-61

Afiliação
Section of Neuroimmunology, Immunosciences Lab., Inc., 8693 Wilshire Blvd., Ste. 200, Beverly Hills, California 90211, USA. drari@msn.com

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: