Autoanticorpos para caseina e gluten e deficiente resposta a vacinas

Comparando 30 crianças com autismo (3-6 anos) com irmãos sem manifestações, verificou-se:

Os autistas tinham 83,3% de autoanticorpos contra a caseína e 50% contra o glúten (os irmãos saudáveis tinham 10% e 6,7%, respectivamente).

Os anticorpos após vacina do sarampo tinham baixa taxa de positividade (50%), assim como na papeira (73,3%) e na rubéola (53,3%). Os irmãos tinham 100%.

Anticorpos antimegalovírus eram positivos em 43,3% dos autistas e apenas 7% dos irmãos.

Conclusão: O autismo pode estar associado a uma resposta autoimune às proteínas da dieta e a uma deficiente resposta imunitária aos antigénios das vacinas do sarampo, papeira e rubéola. Tanto pode ser causa como consequência.

Uma nota curiosa deste estudo é a elevada percentagem de irmãos que têm reacção contra as proteínas do leite e do glúten. Que manifestações isso provoca?

Fonte:

Possible immunological disorders in autism: concomitant autoimmunity and immune tolerance.

Kawashti MI, Amin OR, Rowehy NG
Egypt J Immunol 2006; 13(1) :99-104

Afiliação
Microbiology Department, Faculty of Medicine (For Girls), Al Azhar University, Cairo, Egypt.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: